Inteligência Artificial pode alavancar hotelaria

Ainda existe espaço para crescer na hotelaria e as novas tecnologias, nomeadamente a Inteligência Artificial, poderão ter um papel importante a desempenhar. Segundo um estudo elaborado pela Mazars, existem claras diferenças entre turistas ocidentais e chineses mas é consensual que a evolução tecnológica pode ter um impacto positivo na revolução da indústria.

Considerando as opiniões de turista da Alemanha, China, EUA, França e Reino Unido, 48% dos viajantes ocidentais não se recorda de nenhuma experiência significativa relacionada com inovação no sector hoteleiro. Por isso mesmo, será mais fácil surpreendê-los.

Por outro lado, os turistas chineses mostram-se mais avançados: a disponibilização de serviços com base em Inteligência Artificial influencia a escolha de hotel para 75% dos viajantes chineses inquiridos versus 31% dos norte-americanos, britânicos e alemães.

In Marketeer (8 de abril).

Saiba mais aqui .